[PS2 Tutorial] – Configurado rede no Linux para uso com o Open PS2 Loader em rede.

00
 a
Salve galera, como vendi meu Playstation 2 FAT também conhecido como “tijolão” (devido ao barulho que ele faz, me irrita kk), fiquei só com o Playstation 2 modelo Slim, daí partir para usar o Open PS2 Loader via SMB (samba) apartir do Linux. Não irei citar como configurar o OPL, veja nas postagens principais sobre isso, que temos aqui no Mundo Wii Hack. Este tutorial serve para “todas”as distros. Segue as dicas, então se é usuaro GNU/Linux ou tem aquele computador velho e quer deixar exclusivo para os jogos de Playstation 2 via rede, aproveite este turorial:
a

Para abrir o terminal no Ubuntu e em distribuições baseadas no Ubuntu aperte Ctrl + Alt + T
 a
01 – Tenha instalado o samba na sua distro.
Para Instalar o Samba no Ubuntu e e em distribuições baseadas no Ubuntu de o seguinte comando no terminal: sudo apt-get install samba
 
02 – Faça um backup do arquivo de configuração do samba.
# cp /etc/samba/smb.conf /etc/samba/smb.conf.backup
 
03 – Remova o arquivo e configuração e crie um para configurar.
# rm /etc/samba/smb.conf
# touch /etc/samba/smb.conf
 
04 – Abra o arquivo criado com um editor de texto da sua preferência (como root) e cole o conteúdo abaixo.
[global]
workgroup = WORKGROUP
server string = Samba Server %v
netbios name = ps2opl
security = user
map to guest = bad user
dns proxy = no
 
#============================ Share Definitions==============================
 
[ps2opl]
path = /media/outros/ps2opl/
browsable =yes
writable = yes
guest ok = yes
read only = no
create mask = 0777
force create mode = 777
force directory mode = 777
 
 
Onde o “path =” será o caminho da pasta onde colocara seus jogos e as pastas de configuração do Open PS2 Loader.
 
05 – Reinicie o serviço do samba:
# /etc/init.d/smb restart
 
06 – Teste o compartilhamento com o testparm
Escreva testparm no terminal e aperte Enter no seu teclado para fazer o teste.
Se estiver como na foto, esta configurado corretamente.
 
07 – Lembre-se de mudar as permissões das ISOs criadas, coloque leitura e escrita em todas.
Dica: Em geral para mudar as permissões das ISOs nas distribuições, aperte o botão direito do mouse em cima da ISO (ou do arquivo desejado) e procure uma opção chamada “Propriedades“, em geral a ultima opção da janela que abriu e procure pela aba “permissões“, lembrando que no geral você tem que abrir o gerenciador de arquivos (no caso do Ubuntu é o Nautilus) como super usuário (ou seja root) para que as permissões do arquivo possa ser mudadas sem problema.
 
08 – Configure tudo que precisa no Open PS2 Loader, quando for escolher o servidor, coloque NetBios e o nome PS2OPL (tudo maiúsculo), e o nome da pasta em minusculo ps2opl, feito isso, teste o compartilhamento, deve funcionar sem erro!
 
Dúvidas, pergunte.
 
 
Prints para ilustrar:
 
 
 
Anúncios

17 comentários sobre “[PS2 Tutorial] – Configurado rede no Linux para uso com o Open PS2 Loader em rede.

  1. Mano ficou perfeito o tutorial, muito bem detalhado, e ps2 por rede é sempre uma ótima pedida, e no caso do linux é mais complicado de configurar, mas com este tutorial vai ajudar muitos. Um abração.

  2. Caraca ficou lindo mesmo,òtimo tutorial seatle94br.
    Eu também tenho um tutorial que não tem em nenhum lugar.
    Onde eu coloco o SMS e OPL em rede sem prescisa de notebook ou computardor.
    O négocio é tempo pra criar ele…

  3. Olá fiz seu tutorial e deu certo só tive que permitir entrada na porta 445 no firewall ufw e invez de colocar netbios coloquei o IP da minha maquina que esta fixo.
    SÓ uma duvida só funciona se eu colocar os jogos na minha partição linux se eu quiser colocar no hd externo ou numa partião no meu pc do windows mesmo setando o caminho corretamente os jogos não aparecem esta conectad mais n aparecem só aparece quando esta na partição linux em qualquer lugar…sabe como resolver??

    • Olá Caio. Aqui testei em partições ntfs e funcionou normal, pode estar ocorrendo algumas coisas: 1 – a partição ntfs não esta montada; 2 – permissões de leitura e escrita nessas partições para todos usuários.
      Me fale como esta a estrutura das partições (fdisk -l) e seu fstab (/etc/fstab).

      • olá te passar aqui o que vc pediu mais o smb.conf com o caminho setado da minha pasta
        a partição esta montada talvez tenha que habilitar algo no samba paraa partições /media

        Disk /dev/ram0: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram1: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram2: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram3: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram4: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram5: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram6: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram7: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram8: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram9: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram10: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram11: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram12: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram13: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram14: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/ram15: 64 MiB, 67108864 bytes, 131072 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 4096 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 4096 bytes / 4096 bytes

        Disk /dev/sda: 477 GiB, 512110190592 bytes, 1000215216 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 512 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 512 bytes / 512 bytes
        Disklabel type: gpt
        Disk identifier: D67F0B3F-F6A2-4094-A6AA-F249C10072AA

        Dispositivo Start Fim Setores Size Tipo
        /dev/sda1 2048 923647 921600 450M Windows recovery environment
        /dev/sda2 923648 1128447 204800 100M EFI System
        /dev/sda3 1128448 1161215 32768 16M Microsoft reserved
        /dev/sda4 1161216 890828799 889667584 424,2G Microsoft basic data
        /dev/sda5 890828800 1000213565 109384766 52,2G Linux filesystem

        Disk /dev/sdb: 111,8 GiB, 120034123776 bytes, 234441648 sectors
        Units: sectors of 1 * 512 = 512 bytes
        Sector size (logical/physical): 512 bytes / 512 bytes
        I/O size (minimum/optimal): 512 bytes / 512 bytes
        Disklabel type: gpt
        Disk identifier: B9EB73EC-6650-42AF-ACD1-9EF2D9BDC10D

        Dispositivo Start Fim Setores Size Tipo
        /dev/sdb1 409640 233172071 232762432 111G Apple HFS/HFS+
        /dev/sdb2 233172072 234441607 1269536 619,9M Apple boot

        ——————————————————-//——————————————————————————
        # /etc/fstab: static file system information.
        #
        # Use ‘blkid’ to print the universally unique identifier for a
        # device; this may be used with UUID= as a more robust way to name devices
        # that works even if disks are added and removed. See fstab(5).
        #
        #
        # / was on /dev/sda5 during installation
        UUID=58c13131-88a9-419b-80c9-d5a05f86263a / ext4 errors=remount-ro 0 1
        # /boot/efi was on /dev/sda2 during installation
        UUID=5E40-776A /boot/efi vfat umask=007

        ————————————————————//————————————————–

        [global]
        workgroup = workgroup
        server string = Samba Server %v
        netbios name = ps2smb
        security = user
        map to guest = bad user
        dns proxy = no
        username map = /etc/samba/smbusers
        ; encrypt passwords = yes
        ; guest ok = no
        ; guest account = nobody

        #============================ Share Definitions==============================

        [PS2SMB]
        path = /media/caio/Windows/Users/caio/Downloads/PS2SMB
        ; browseable = yes
        writeable = yes
        guest ok = yes
        create mask = 0777
        force create mode = 777
        force directory mode = 777

        • Problema de permissão em partições ntfs pelo visto. Só mais uma coisa, abra o programa gparted, tira uma print e posta aqui. Terei que ver qual unidade para te ajudar, pois pelo comando fdisk -l parece ser a /dev/sda que é a maior, mas pelo gparted será mais fácil.

            • Ótimo, já identifiquei a partição, vamos primeiro tentar do modo mais fácil haha!

              Crie uma pasta para a montagem da sua partição.
              mkdir /media/windows

              Agora vamos editar seu fstab, acrescente no final.

              /dev/sda4 /media/windows ntfs-3g defaults,windows_names,locale=pt_BR 0 0

              Salve e reinicie, veja se a partição foi montada automática. Lembre-se que é preciso ter o pacote ‘ntfs-3g’ instalado.

              Se a partição estiver montada automática, edite o arquivo do smb.cfg colocando o caminho certo onde esta sua pasta do opl 😉

              • show deu certinho muito obrigado mesmo show de bola,só n entendi porque criar a pasta /media/windows ??

                e outra coisa n sei se vc é o administrador da pagina ,mais poderia fazer um tutorial para mac também?

  4. Pessoal, antes de mais nada desculpe a noobice, mais comigo não funcionou. No windows funciona tudo certo, mas no linux nunca consegui. Fiz todas as etapas mais sempre da erro 300 na tela do ps2. No linux o icone de rede antes de modificar o arquivo smb.conf , notificava a existência de uma rede cabeada agora não mostra.

    Linux Mint Kde
    rede: cabeada entre o ps2 e o pc

    • Pelo que eu pesquisei esse erro tá relacionado a o número do IP que eu coloquei errado na tela do opl. Dr alguém puder dar uma ajuda eu agradeço.

      • Oi Alex, tudo bem? Então, pode ser realmente o IP, você tentou colocando o nome do servidor igual indiquei? Pois se for usar IP vai ter que setar um ip fixo no seu computador/notebook.

        • Oi seatle94br. Sim, fiz igual. O erro é esse: “300: Cannot connect to smb servidor” . Nem o gerenciador de arquivos o Dolphin reconhece qualquer compartilhamento. estou usando um cabo crossover ligado no pc e no ps2. seatle94br, postei a minha dúvida(com prints) no seu post do l no linux, no outerspace. Se você puder dar olhada eu agradeço. Talvez vc identifique o problema.

        • No dolphin a msg de erro é essa “Unable to find any workgroups in your local network. This might be caused by an enabled firewall.”. Desabilitei o firewall mais nada adiantou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s